O que é fotografia Still?

“Still? É de comer?”. Esta é só uma das variações da pergunta que eu mais ouvi quando escolhi trabalhar com fotografia Still: o que é Still? E pode parecer estranho, mas vários fotógrafos me perguntavam isso. O fato é que essa modalidade da fotografia, que é mais focada no público empresarial, é bem pouco comentada (se comparada com as de casamento, recém nascidos, gestante, etc), por isso o objetivo deste texto é apresentar a você que não é fotógrafo ou é mas não está familiarizado com o tema, de forma simplificada: o que é, para que serve e como funciona a fotografia Still.

 

O que é?

 

 

Você certamente já viu por aí, quadros com pinturas de frutas, vasos etc. Essa modalidade de pintura chama-se Still Life, é basicamente daí que deriva o termo Still, utilizado na fotografia. Para ilustrar melhor o que é a fotografia Still nos dias de hoje, eu convido você, leitor, a olhar em volta e encontrar a primeira embalagem, que tiver a foto de um produto. Encontrou? Ótimo! Você acaba de ver a fotografia Still na sua forma mais palpável.

Mas não é só isso! Sabe quando você quer comprar aquele produto bacana que vão lançar, e fica namorando as fotos dele no site do fabricante? Ou então você está lendo uma revista e aparece a propaganda de um shampoo ou de um relógio? Ou quando você vai num restaurante japonês e não faz ideia do que está escrito no cardápio, mas escolhe pela foto o que quer comer? Ah! Agora tudo faz sentido! Podemos concluir então que Still é a fotografia de objetos/produtos. E respondendo à pergunta feita no início: Não é de comer, mas pode ser de comida!

 

Pra que serve?

 

 

 

Pasme: a fotografia de produtos também é um investimento de marketing! Portanto seu objetivo é vender! Ponto. É claro, todo fotógrafo adora fazer fotografias autorais, sem uma finalidade propriamente comercial (e isso já é outra discussão), mas não dá para negar que o público que compra esse tipo de fotografia, em sua maioria esmagadora, é empresarial, e faz isso com o único objetivo de vender os produtos que foram fotografados. Não por acaso, a fotografia Still é popularmente conhecida como fotografia de e-commerce. Também pudera: não param de surgir lojas virtuais e boa parte da demanda por esse tipo de foto provém delas. Aliás, especialmente na internet as fotos possuem um papel fundamental, justamente porque o seu cliente não pode tocar o produto e conferir a qualidade do material, a textura, o cheiro, etc. E eu não sei você, mas eu muitas vezes já deixei (e ainda deixo) de comprar pela internet por não conseguir identificar na foto do produto, se ele atenderia ou não a minha necessidade.

 

Como funciona?

 

O vídeo abaixo mostra a produção de uma foto do Iphone 3Gs e nos dá uma boa ideia dos bastidores da fotografia Still:

 

 

Como vimos antes, o papel da fotografia Still é conseguir demonstrar o produto. Para isso, questões como: valores, filosofia, as ideias e tudo mais que se desejar transmitir ao comprador em potencial – fora os pontos fortes do produto como mercadoria propriamente dita – todas essas coisas podem e devem ser levadas em conta antes da produção das imagens. Portanto é importante que a equipe de marketing e o fotógrafo estejam alinhados quanto aos objetivos da foto que será produzida. Um bom briefing é fundamental.

A fotografia Still é essencialmente realizada em estúdio, embora em alguns casos possa ser feita em ambientes externos. Por ser um tipo específico de foto, requer equipamentos e técnicas específicas também. Tanto que há fotógrafos que se especializam em determinadas áreas do Still, como joias, alimentos, carros, entre outras. E, claro, tudo isso aliado a uma dose de sensibilidade, para conseguir transmitir em uma imagem as ideias que foram discutidas previamente. Falando nisso eu encerro este texto deixando como exemplo dois fotógrafos de que fazem coisas incríveis na fotografia de produtos:

Gustavo Pomar: http://gustavopomar.wix.com/gustavopomar#!alimentos/ct8m

Alex koloskov: http://www.koloskov.com/

Este artigo foi útil? Deixe seu comentário

Published by

Marcelo Colombari

Apaixonado por fotografia e crente de que uma imagem diz mais que palavras. Dedico-me à fotografia Still, com a finalidade de auxiliar os gestores de lojas virtuais a expor de forma satisfatória seus produtos, valendo-se desse recurso como parte integrante dos seus esforços de marketing. Atualmente também escrevo artigos no Blog e-Mania, que é um dos maiores blogs de fotografia do país.
  • Gabriel Alves

    Uau ! É muito bom estar por dentro do que é fotografia, em termos gerais. Como fotógrafo de casamento, eu busco minhas inspirações em outros generos de fotografia, e também outras artes, e meios de comunicação.
    Texto de fácil entendimento e super legal. Parabéns Marcelo.

  • Marcelo Colombari

    Opa! muito obrigado Gabriel! Fico feliz que o texto tenha sido útil pra você. Grande abraço meu caro 😀